quinta-feira, 5 de março de 2009

comitiva-esperança

... e é como se sentir um cowboy involuído que ainda não chegou ao Mundo de Marlboro. Que o Mundo de Marlboro fosse um entre mil outros a se alcançar (já que a tarefa de um cowboy é mesmo cavalgar e cavalgar e ter com os bois e as manadas e ainda superar as adversidades do tempo)? Os cowboys, baby, não tem tempo para pensar como vão chegar aondem querem chegar. Eles simplesmente vão, a cavalo, à moda oeste (ou leste), por cima ou por baixo de tudo isso. [Com tempo hábil para olhar o horizonte e fazer um bom e velho paper cigarette]. Intuitivamente seguem a linha do sol, sem titubear.


Rafa, essa é pra você.

Um comentário:

aspirina disse...

entidade-associada?

gosto um tanto disso aí.
e pelos textos pensei mesmo que pra você talvez seja mais fácil enumerar em que se acredita.

o O.wilde ali embaixo é lindão, po.
Venho de onde não se sabe ao certo quando usar "j" ou "g", isso não é considerado um problema e apesar de tudo resta um tempo pra "passear" pela internet e achar umas coisas bonitas
( no meio de toda aquela repetição ).